Programa de Educação Sexual e Promoção da Saúde dissemina informação

O Programa de Educação Sexual e Promoção da Saúde (PESS) deu prosseguimento às suas atividades de minicursos e oficinas para as comunidades de Parauapebas, Marabá, São Pedro da Água Branca e Vila Nova dos Martírios, localizados nos estados do Pará e Maranhão.

Informar os jovens, esse é uma das premissas do PESS, possibilitar que eles tenham acesso a informações úteis no cuidado consigo, além de servir de multiplicadores e sujeitos ativos em suas comunidades, contribuindo para saúde e proteção de outros jovens. Mas, como fazer isso em meio a tantas dificuldades e temáticas importantes para se eleger apenas uma?

Com  esse intuito de informar, fomentar, despertar e formar multiplicadores de conhecimento o PESS, entre os dias 08 e 11 de março, desenvolveu sua terceira etapa de as formações teóricas e oficinas de educomunicação (vídeo) junto as comunidades citadas. Por meio de uma metodologia dinâmica que valoriza a participação e a vivência de cada um, com sensibilidade as diferenças socioculturais de cada localidade, foi foi trazida para debate junto aos grupos “Prevenção às DST’s – AIDS”.

 

A palestra ministrada pela enfermeira, Elen Patrícia, permitiu aos jovens e adultos presentes conhecer e identificar sintomas de várias doenças sexualmente transmissíveis, chamando atenção para importância para prevenção delas e a necessidade buscar o serviço de saúde. Por meio da problematização dos esteriótipos foi possível evidenciar aos jovens que é impossível identificar pela aparência que possui ou não doenças sexualmente transmissíveis e que o mais importante é preveni-las com o uso de preservativos.

Dinâmica da batata quente

Dinâmica da batata quente

Já a oficina de vídeo operacionalizada pelo jornalista, Fábio Cabral, contribuiu para fixação do conteúdo da palestra, por meio da elaboração de roteiros para vídeos informativos produzidos pelos jovens. Durante as oficinas os jovens criaram, dramatizaram, organizaram cenários e vestuário para expressarem as ideias sobre a temática de Prevenção às DST’s. O que fica desse módulo para esses jovens é a informação sobre como manter-se saudável e cuidar do corpo com a atenção devida evitando doenças.

Entendendo os enquadramentos de um vídeo

Entendendo os enquadramentos de um vídeo

Nesse terceiro momento de minicursos, o Programa de Educação Sexual e Promoção da Saúde, contou mais uma vez com a participação ativa das comunidades, foram 165 participantes, sendo 90 jovens. Participaram também das atividades representantes da Rede de Proteção dos municípios e lideranças comunitárias fortalecendo a ideia de trabalho conjunto e valorização dos representantes das instituições que cotidianamente fazem da defesa dos direitos de crianças e adolescentes o centro de suas atividades.

 

As atividades do PESS, terão continuidade nesses municípios entre os dias 12 a 15 de abril.